Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 13 de janeiro de 2022

Compartilhe

 A mãe da criança buscou auxílio na base da Romu, no Jd. Boa Vista, alegando que a recém-nascida estava sem respirar e com a pele roxa por falta de oxigênio

 A ação rápida do GCM Alencar permitiu, na tarde desta quinta-feira (13), o resgate de uma bebê de um mês e 24 dias que havia engasgado. A mãe da criança buscou auxílio na base da Romu, no Jd. Boa Vista, alegando que a recém-nascida estava sem respirar e com a pele roxa por falta de oxigênio.

 O agente Alencar aplicou a manobra de Heimlich para que a criança pudesse voltar a respirar. A técnica de primeiros socorros é utilizada em casos de emergência por asfixia provocada por qualquer tipo de corpo estranho que obstrua as vias respiratórias.

 Depois que a bebê recuperou o ritmo de respiração uma viatura da corporação foi deslocada para levar os pais Paula Adriele de Moraes e o Luciano Aparecido de Campos acompanhados da bebê a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Parque Hipólito que realizou o atendimento preliminar e encaminhou o caso a Santa Casa de Limeira para dar seguimento aos exames necessários.

 Os pais emocionados agradeceram a ação do guarda. “Talvez não houvesse tempo hábil até a chegada do SAMU, foi um milagre a ajuda que encontramos”.

 Alencar está na corporação há 18 anos e possui treinamento para esse tipo de ocorrência o que foi fundamental para o sucesso da ocorrência. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários